Cláudio Pitbull está perto do São Paulo

"Existe pelo menos 80% de chances de eu jogar no São Paulo. Salário não é problema, porque meu desejo de disputar essa Libertadores é muito grande", diz Cláudio Pitbull, por telefone, desde a praia de Jurerê, em Florianópolis, onde passa as férias. Na terça-feira, ele se reúne com Paulo Odoni, presidente do Grêmio."Depois dessa conversa, as coisas vão ficar mais claras. Vai dar para saber quanto o Grêmio quer pela rescisão do meu contrato. Eu já conversei com pessoas do São Paulo e as coisas estão bem encaminhadas", diz o jogador. Em Porto Alegre, fala-se que o São Paulo daria Júlio Santos e Souza, em definitivo, além do empréstimo de Renan e mais R$ 1 milhão para ficar com Pitbull. Juvenal Juvêncio, diretor de futebol, desmente. "Queremos o Pitbull, mas não podemos montar um novo time para o Grêmio."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.