Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Clayson pode ser suspenso por xingar árbitro e desfalcar Corinthians na final

Atacante corre o risco de pegar até seis jogos de suspensão no Paulistão e ficar fora do segundo jogo da decisão com o São Paulo

João Prata, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2019 | 20h50

O atacante Clayson pode ser suspenso por até seis jogos pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo por causa de um vídeo divulgado pela TV Corinthians em que ele aparece xingando o árbitro do duelo com o Santos, Raphael Claus, pela semifinal do Campeonato Paulista. O TJD-SP ainda analisará as imagens. 

“Certeza que vai ser denunciado. Conversei com o procurador (Vinicius Marchetti)e vai acontecer a denúncia porque ele não pode ter um comportamento desse tipo”, informou ao Estado o presidente do TJD, Antonio Olim.

Clayson aparece no túnel de acesso ao vestiário quando ofende o juiz: “Chupa, Claus, seu filho da p...”. Horas depois de ter sido postado, o clube cortou o trecho e subiu um novo vídeo sem o xingamento.

Durante o jogo, o atacante puxava contra-ataque quando levou a pior em uma dividida. O jogador ficou caído, mas o árbitro mandou a partida seguir e só autorizou a entrada do atendimento quando a bola saiu pela lateral. 

Olim acredita que ele será enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva). A pena pode ser de uma a seis partidas. “Vamos oferecer a denúncia amanhã (hoje) e ele deve ir a julgamento na próxima segunda-feira”, informou o presidente.

Com isso, Clayson está ao menos liberado para o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, contra o São Paulo, no Morumbi, provavelmente no domingo - a Federação Paulista de Futebol confirmará data e horário nesta quarta-feira. No entanto, corre o risco de ficar fora da volta, em Itaquera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.