Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Clayson recebe advertência do tribunal e pode jogar final do Paulistão pelo Corinthians

Atacante foi a julgamento foi ter sido flagrado xingando o árbitro Raphael Claus, mas está liberado

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2019 | 11h33

O atacante Clayson foi apenas advertido em julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo e está liberado para defender o Corinthians diante do do São Paulo, domingo, às 16h, pela final do Campeonato Paulista. No jogo de ida, os dois clubes empataram por 0 a 0, no Morumbi.

Clayson foi a julgamento por ter sido enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva). O corintiano foi flagrado em um vídeo divulgado pela TV Corinthians xingando o Raphael Claus, árbitro do duelo com o Santos, pela semifinal do Campeonato PaulistaClayson vai reencontrar Raphael Claus neste domingo, na Arena Corinthians, pois o árbitro foi sorteado para apitar a final do Paulistão.

O julgamento estava marcado para segunda-feira, mas foi adiado por tempo indeterminado pelo TJD-SP. Na terça-feira, o procurador Wilson Marqueti Júnior recorreu, e foi marcada uma sessão extraordinária para esta quarta-feira. O placar foi 3 a 1 a favor da advertência.

Clayson é uma das principais peças ofensivas do Corinthians por causa da capacidade de driblar e da objetividade. De acordo com o técnico Fabio Carille, ele é um jogador com características únicas no elenco corintiano.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.