Cléber deve mesmo deixar o Santos

O zagueiro Cléber não aceitou a redução de salário proposta pela diretoria do Santos e decidiu que vai deixar a Vila Belmiro. O contrato do jogador, que iria até o final do ano, será rescindido, segundo acordo fechado nesta sexta-feira pela manhã. Segundo os dirigentes, resta apenas a assinatura do documento para que o atleta seja liberado. Cléber recebe R$ 100 mil por mês, valor que a diretoria considera alto demais para os atuais padrões do clube. Por conta disso, pretendia reduzir para pelo menos R$ 60 mil. Cléber não aceitou e pode estar acertando sua transferência para o futebol japonês.O zagueiro chegou à Vila Belmiro em agosto do ano passado como uma das soluções para a zaga santista. Depois de atuar como titular durante boa parte do Torneio Rio-SP, o jogador caiu de produção e acabou na reserva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.