Guilherme Dionízio/PhotoPress
Guilherme Dionízio/PhotoPress

Cléber é expulso, Santos vacila e Ferroviária ganha na estreia de PC Oliveira

Zagueiro leva cartão vermelho em sua estreia no time

Itamar Cardin, especial para a AE, Estadão Conteúdo

18 Fevereiro 2017 | 21h42

O Santos teve neste sábado uma noite desastrosa no estádio da Vila Belmiro. Em sua estreia como titular, o zagueiro Cléber foi expulso. A equipe conhecida pelo jogo ofensivo tampouco criou. E, mesmo atuando em casa contra a Ferroviária, que ainda não havia vencido no Campeonato Paulista, o time do técnico Dorival Junior foi surpreendido e perdeu por 1 a 0, em duelo válido pela quarta rodada da competição.

Com o resultado, o Santos caiu para a terceira posição do Grupo D com seis pontos, quatro atrás do Mirassol e um da Ponte Preta. Já a Ferroviária foi a 4 e está em segundo do Grupo B.

Nesta terça-feira, fora de casa, o Santos tentará se reabilitar contra o Ituano - vale lembrar que o time já havia perdido o clássico para o São Paulo na rodada anterior -, enquanto que a Ferroviária recebe o Santo André na quarta.

Um dos grandes destaques da partida deste sábado estava no banco de reservas. Mas não era Dorival Júnior. Contratado na última segunda-feira e após ver o interino Ricardo Moraes comandar o time na terça, no empate com o Audax, o atual técnico da seleção brasileira de futsal PC Oliveira fez a sua estreia no comando da Ferroviária.

E não poderia ter sido melhor. Com um time bem organizado defensivamente, a Ferroviária deu trabalho desde o início e dificultou a armação adversária. A presença de Leandro Donizete no meio de campo contra um time que pouco atacava, por sua vez, limitou ainda mais a criação do Santos.

O jogo, assim, foi truncado durante boa parte do primeiro tempo. A Ferroviária chegava em chutes esporádicos de fora da área, enquanto que o Santos insistia em lançamentos longos. Em sua primeira chance clara, o time de Dorival Júnior até balançou as redes, mas o árbitro invalidou. Após cruzamento na área, Cléber ajeitou de cabeça e Ricardo Oliveira completou para o gol. O bandeira, porém, equivocadamente, assinalou o impedimento. E foi tudo o que ocorreu no primeiro tempo.

Com postura similar, o Santos seguiu inoperante na etapa final. Viu, ainda, a Ferroviária perder chance clara aos 10 minutos, quando Elder Santana deu grande finta em Yuri e saiu na cara de Vladimir. O chute fraco e rasteiro do atacante, contudo, facilitou a defesa.

Dorival Júnior, percebendo a letargia do sistema ofensivo, sacou Leandro Donizete e colocou Arthur Gomes. A mudança teve efeito imediato. Aos 19 minutos, o próprio Arthur recebeu cruzamento e, sozinho, dentro da área, cabeceou por cima.

O Santos esboçava uma melhora coletiva quando, pouco depois, Cléber impediu contra-ataque com falta, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O jogo, então, mudou de vez. Willian Cordeiro e Elder Santana logo perderam chances claras. E, aos 28 minutos, após cobrança de escanteio, Leandro Amaro cabeceou com precisão e abriu o placar.

Com um jogador a menos, o Santos não teve forças para reagir. Dorival Júnior ainda colocou Bruno Henrique e Thiago Ribeiro, mas o time pouco fez. E a Ferroviária, do surpreendente PC Oliveira, obteve a sua primeira vitória no Paulistão.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 x 1 FERROVIÁRIA

SANTOS - Vladimir; Victor Ferraz, Cléber, Yuri e Zeca; Leandro Donizete (Arthur Gomes), Thiago Maia e Léo Cittadini (Bruno Henrique); Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro). Técnico: Dorival Júnior.

FERROVIÁRIA - Matheus; William Cordeiro, Patrick, Leandro Amaro e Léo Veloso; Flávio, Claudinei (Kelvy), Fabio Souza e Alan Mineiro (Raniele); João Capixaba (Tiago Marques) e Elder Santana. Técnico: PC Oliveira.

GOL - Leandro Amaro, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - William Cordeiro, Patrick e Matheus (Ferroviária).

CARTÃO VERMELHO - Cléber (Santos).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.