Arquivo/AE
Arquivo/AE

Cleiton Xavier minimiza dores e promete jogar clássico

Meia-atacante do Palmeiras deixou a vitória contra o Monte Azul reclamando de incômodo na coxa esquerda

AE, Agencia Estado

28 de janeiro de 2010 | 01h03

A notícia parece velha, mas não é. Mais uma vez Cleiton Xavier fez a diferença e garantiu uma vitória do Palmeiras. Nesta quarta-feira foi sobre o Monte Azul por 1 a 0, em Ribeirão Preto. Ele fez segundo gol no campeonato e continua com participação em todos os marcados pelo time neste ano.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Monte Azul 1x0 Palmeiras  

especialQUIZ - Você sabe tudo sobre o Paulistão?

lista RESULTADOS / tabelaCLASSIFICAÇÃO

"É importante estar participando dos gols, mas também ajudo a equipe na marcação", disse o meia, que foi substituído no segundo tempo reclamando de dores na coxa esquerda. Mas ele garante que vai enfrentar o Corinthians domingo. "Dá para jogar. Saí mais por precaução".

Cleiton Xavier viu pontos positivos na equipe, apesar de a vitória ter sido magra. "Temos de parabenizar a meninada que jogou bem e o Edinho pela boa estreia". Os meninos que jogaram foram o lateral-esquerdo Gabriel Silva e o meia João Arthur, que começaram jogando. Edinho também aprovou sua atuação. "Lutamos bastante e consegui fazer uma boa estreia".

Já com as atenções voltadas para o clássico contra o Corinthians, o técnico Muricy Ramalho dependerá da palavra do departamento médico para escalar o time. Além de Cleiton Xavier, o Palmeiras tem quatro jogadores machucados. Gabriel Silva teve de ser substituído por causa de dores na coxa esquerda. "Temos um departamento médico competente e quando tem um clássico existe a superação e todo mundo quer jogar. Acho que vou poder contar com todo mundo", disse o treinador.

Entre os jogadores que nem viajaram para Ribeirão Preto, o que está mais perto de ser liberado é o zagueiro Léo. O meia Diego Souza e o goleiro Marcos estão em situação mais complicada. Os três serão reavaliados no sábado, mas tudo vai depender do desempenho no treino desta sexta.

A situação mais difícil é a de Marcos. Ele sofreu entorse no tornozelo direito ao se chocar com Danilo no empate com o Ituano. "Vamos aguardar até sábado para ver se ele consegue movimentar o pé", disse o médico Rubens Sampaio.

Situação menos grave, mas também preocupante, é a de Diego Souza - que se recupera de um edema na coxa esquerda. "Ele está em tratamento intensivo para ver se consegue se recuperar e jogar", explicou Sampaio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.