Clemer admite erros do Inter, mas critica arbitragem

O técnico Clemer não colocou toda a culpa pela derrota do Internacional por 3 a 2 para o São Paulo nas costas de Péricles Bassols, mas também não deixou de criticar o árbitro da partida de domingo, em Caxias do Sul, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele reclamou especialmente de um pênalti no atacante Jorge Henrique, numa jogada em que o árbitro marcou a falta fora da grande área.

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2013 | 09h24

"A proposta foi boa. Nas estatísticas, ficamos à frente em todas. Mas tivemos erros pontuais, principalmente os dois pênaltis que cometemos e o pênalti que não marcaram para nós. É claro que isso tem um peso. É uma vontade de marcar um pênalti para o São Paulo e nenhuma para o Inter", disse.

Clemer até aprovou a atuação da sua equipe, mas reconheceu que o time cometeu erros que custaram caro, especialmente as chances de gol desperdiçadas quando a partida estava empatada em 0 a 0. "Mas isso não é desculpa, porque antes do primeiro gol do São Paulo, a gente teve mais chances. Foi um jogo franco, aberto e os erros pontuais provocaram a derrota", afirmou.

Derrotado, o Inter está em décimo lugar no Campeonato Brasileiro com 42 pontos. O time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar o Atlético Paranaense, em Joinville, pela 32ª rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoInterClemer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.