Clima no Corinthians é de descontração

Foi em um clima alegre, com muitas brincadeiras, que os jogadores do Corinthians encerraram, na manhã deste sábado, a preparação para a primeira partida contra a Ponte Preta, pelas semifinais da Copa do Brasil, que será disputada domingo, às 15 horas, em São José do Rio Preto. Depois de um "rachão" no campo do hotel Michelangelo, local da concentração do time paulista na cidade, os jogadores comemoraram a despedida de solteiro do lateral-esquerdo Kléber, que irá casar esta noite com Cintia, em uma igreja no bairro da Penha, em São Paulo.Kléber, que está escalado para enfrentar a Ponte, tentou escapar das brincadeiras, mas não conseguiu. Jogado ao chão, ele teve de suportar o banho de farinha de trigo, ovos e água. Mas Marcelinho, que foi um dos articuladores da ?ovada?, acabou virando "vítima" dos companheiros. Inconformados com a fraca atuação de Marcelinho no rachão, os jogadores fizeram com o meia o mesmo que armaram para Kléber.Após essa comemoração, os jogadores foram para piscina do hotel e a brincadeira continuou com os atletas jogando todo mundo na água. Quase ninguém escapou, nem mesmo os jornalistas. O técnico Wanderley Luxemburgo, por medida de precaução, subiu para seu apartamento e evitou ser alvo do grupo.

Agencia Estado,

02 de junho de 2001 | 12h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.