Reprodução
Reprodução

Clube alemão pode ser suspenso por formar time com neonazistas

Federação da Saxônia quer punir o time regional FC Ostelbien

EFE

11 de agosto de 2015 | 09h43

A Federação de Futebol da Saxônia (leste da Alemanha) solicitou nesta terça-feira a suspensão do clube FC Ostelbien Dornburg de sua liga nacional por considerar que praticamente todo seu elenco é integrado por neonazistas.A decisão, adotada em Magdeburgo, capital desse estado federado, ocorreu depois de uma série de ataques contra árbitros, que derivaram na recusa dos juízes de seguir apitando as partidas da equipe. Provalvelmente com medo de agressões.

Além disso, foram denunciados todos os tipos de agressões contra jogadores de equipes rivais quando atuavam em Dornburg como visitantes. Segundo os meios de comunicação locais, pelo menos nove jogadores de seu elenco são reconhecidos ultradireitistas, que militam nas fileiras de organizações neonazistas do país.

Os responsáveis pelo clube são acusados pela federação de futebol de não terem atuado nesses vários casos de agressões e terem tolerado a presença em suas fileiras da militância claramente ultradireitista. A medida incide em sucessivas informações de meios de comunicação alemães relativas à forte presença da militância neonazista tanto entre os torcedores quanto entre as jogadores de campeonato inferiores, seja no leste da Alemanha ou em outras regiões do país. Nenhum tipo de punição foi aplicada. O time amador continua em atividade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.