Clube dos 13 apela e Eurico volta

O Clube dos 13 - entidade que reúne os principais clubes de futebol do país - decidiu apelar para o presidente do Vasco, Eurico Miranda, em sua luta para conseguir um contrato melhor com a Rede Globo. Depois de um período afastado por discordar da forma como a entidade encaminhava suas negociações com a emissora, o dirigente foi convidado a participar da reunião que discute a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, que está sendo realizada neste momento na sede do Fluminense, no Rio de Janeiro. Eurico foi convidado a participar do encontro e, oficialmente, acabou sendo convencido a voltar a integrar o grupo. A emissora carioca quer mudar o contrato em vigor, pelo qual é obrigada a pagar R$ 228 milhões pelos direitos de transmissão do campeonato, mas os clubes estão resistindo. Na reunião de São Paulo, há uma semana, a emissora disse que poderia pagar R$ 130 milhões, valor congelado até 2005. Hoje mudou um pouco a proposta. Aceita pagar R$ 130 milhões este ano; R$ 150 milhões no ano que vem e a partir de 2004 se propõe a discutir um novo valor. A emissora se dispõe ainda a pagar mais R$ 6 milhões para os clubes que não integram o Clube dos 13 - casos de Paysandu, Paraná, Gama, Juventude, Ponte Preta, São Caetano e Figueirense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.