Clube egípcio desiste de Torres

O clube egípcio Zamalek desistiu da contratação de Carlos Alberto Torres para treinar sua equipe de futebol. A negociação havia sido anunciada no começo da semana, mas as partes não chegaram a um acordo financeiro. Segundo o presidente do Zamalek, Kamal Darwish, não houve acerto nas bases salariais pretendidas pelo técnico brasileiro. Ele informou que o clube não se dispôs a pagar os US$ 150 mil por temporada pretendidos, além de premiações por conquistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.