Clube espanhol é multado por racismo

O Deportivo La Coruña foi condenado a pagar multa de ? 600 em conseqüência das manifestações racistas de alguns torcedores contra o brasileiro Roberto Carlos, na partida contra o Real Madrid, no último sábado, no estádio Riazor. A Federação Espanhola de Futebol aplicou a menor das sanções previstas pela legislação esportiva, considerando que se tratou de um caso menos grave. Os dirigentes alegaram que depois que o árbitro José Losantos Omar interrompeu o jogo e falou com o representante sobre o problema, os gritos e gestos imitando macaco cessaram. A federação pretende consultar dirigentes de clubes, árbitros, jogadores e treinadores na elaboração de um documento em que sejam regulamentadas medidas a serem adotadas diante de qualquer manifestação de racismo ou xenofobia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.