Clube japonês dificulta ida de Claiton ao Atlético-PR

O Consadole Sapporo, do Japão, que detém os direitos econômicos do volante Claiton, enviou um comunicado nesta quinta-feira ao Atlético Paranaense, afirmando que não liberará o jogador por falta de tempo hábil para substituí-lo antes do início da temporada japonesa."O Sapporo não terá tempo suficiente para contratar um jogador do mesmo nível para substituir o Claiton", informou o comunicado do clube japonês.Apesar da recusa do Consadole Sapporo, a diretoria do Atlético-PR prometeu persistir na contratação de Claiton. "Vamos continuar buscando um acerto e vamos aguardar uma resposta definitiva do clube japonês até o final de semana, já que a temporada deles se inicia dia 2 de fevereiro", declarou o presidente do Conselho Administrativo do clube, Marcos Malucelli.Claiton, de 30 anos, defendeu o Atlético em 2007 e em 2008 acertou sua transferência ao Consadole Sapporo. Apesar do reforço brasileiro, o clube não conseguiu evitar o rebaixamento para a segunda divisão, e na próxima segunda-feira começa a disputa pelo acesso à elite japonesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.