Clube vende vaga na Primeira Divisão

Os clubes FC Baia Mare e o FCM Bacau anunciaram hoje uma negociação que escandalizou o futebol romeno. Duas semanas depois de conseguir o acesso para primeira divisão, o Baia Mare decidiu vender sua vaga para o Bacau, equipe da segunda divisão. Com a autorização da Liga de Futebol Profissional, o Bacau pagou ao Baia uma quantia próxima de US$ 1 milhão. ?Trata-se de uma negócio da vergonha. Da sujeira?, reagiu a imprensa romena O presidente do Baia Mare, o alemão Heinrich Schorsch, disse que decidiu vender a vaga por entender que a equipe teria mais prejuízos que lucro na primeira divisão. ?Futebol também é negócio?, argumentou o dirigente. A medida, no entanto, provocou uma reação furiosa da população da cidade, que emprestou o nome ao time. Schorsch foi considerado ?persona non grata? na cidade.Enquanto isso, o Bacau comemora. O presidente do clube, Dumitru Sechelariu, contou que a estréia na primeira divisão se dará no dia 4 de agosto, quando o time vai enfrentar o tradicionalíssimo Steaua, de Bucareste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.