Divulgação / Conmebol
Divulgação / Conmebol

Clubes decidem não introduzir arbitragem de vídeo na próxima edição do Inglês

Entidade deseja mais testes nas Copas locais antes de introduzir a tecnologia no principal campeonato do país

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2018 | 13h02

A Premier League informou que os clubes que integram a divisão de elite do futebol da Inglaterra decidiram, em reunião realizada em Londres nesta sexta-feira, não introduzir a arbitragem da vídeo na próxima edição do Campeonato Inglês, que ocorrerá na temporada 2018/2019.

+ Real enfrenta o Bayern e Liverpool joga com a Roma na semi da Liga dos Campeões

+ Atlético de Madrid e Arsenal se enfrentarão na semifinal da Liga Europa

Com problemas para implementar a tecnologia que passou a ficar conhecida pela sigla VAR (Video Assistant Referees), a liga inglesa revelou, por meio de um comunicado oficial, que os times optaram por seguir realizando testes avançados visando obter "melhorias adicionais ao sistema, especialmente em torno da comunicação dentro do estádio e para aqueles que acompanham as partidas em casa e ao redor do mundo".

A Premier League quer que a arbitragem de vídeo seja submetida a mais testes na Copa da Inglaterra e na Copa da Liga Inglesa antes de introduzi-la na principal competição nacional. A liga também se comprometeu a usar com maior frequência na temporada 2018/2019 esta tecnologia em partidas destes dois torneios que só perdem em importância para o Campeonato Inglês no país.

O VAR já está sendo usado em alguns dos principais torneios domésticos de clubes do planeta, como por exemplo os campeonatos da Alemanha e da Itália, e também teve a sua utilização confirmada pela Fifa para a Copa do Mundo deste ano, na Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.