AFP PHOTO / ATTILA KISBENEDEK
AFP PHOTO / ATTILA KISBENEDEK

Clubes doarão 1 euro por ingresso para ajudar refugiados

Associação de Clubes Europeus espera arrecadar R$ 12,75 milhões

Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2015 | 10h53

Os principais clubes do futebol da Europa vão doar milhões de euros para instituições de caridade de apoio aos imigrantes que tentam entrar no continente. A Associação de Clubes Europeus (ECA, na sigla em inglês) anunciou nesta terça-feira que seus membros concordaram em dar 1 euro (R$ 4,25 na cotação atual) por cada ingresso vendido para os jogos deste mês pela Liga dos Campeões e pela Liga Europa.

A promessa compromete 80 clubes a doarem dinheiro relativos ao primeiro compromisso como mandante na fase de grupos dos torneios continentais. "Este é um grave e grande problema que temos de enfrentar agora na Europa e acredito que o futebol tem responsabilidade com essas pobres pessoas", afirmou o presidente da ECA, Karl-Heinz Rummenigge.

O dirigente e ex-jogador alemão afirmou que, através dessa ação, até 3 milhões de euros (R$ 12,75 milhões) podem ser obtidos. Além disso, Rummenigge pediu para os outros membros da associação que não disputam os torneios europeus a contribuírem com os refugiados.

A decisão da ECA atende ao que foi proposto pelo presidente do Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, que havia anunciado que adotaria tal ação em seu duelo como mandante contra o Chelsea, pela Liga dos Campeões, além de ter convocado outros clubes a fazê-lo.

A Europa tem recebido milhares de imigrantes de países em guerra, como a Síria, e de outros locais marcados pela pobreza, nos últimos meses. A entrada dos refugiados - a grande maioria de forma ilegal - tem causado comoção e também polêmica, por dividir opiniões e até gerar atritos entre as autoridades dos principais países da Europa.

Outros times também já se prontificaram a ajudar os imigrantes. O Bayern de Munique e o Real Madrid anunciaram nos últimos dias a doação de 1 milhão de euros cada para projetos de apoio aos refugiados. O Comitê Olímpico Internacional, por sua vez, doou US$ 2 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.