Clubes e CBF liberam preços de ingressos

Os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro e a direção da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiram liberar o preço dos ingressos para os jogos da competição, neste ano. O valor será definido pelos mandantes, a quem caberá a renda das partidas, ao contrário do que pleiteavam Flamengo e São Paulo. Com a decisão, os clubes do Rio pretendem reeditar campanhas como a que vem sendo feita no Campeonato Carioca, em que uma parceria com o governo do Estado permite a compra de ingresso por apenas R$ 1. "O preço justo seria de R$ 50, R$ 100. Mas quem tem condições de pagar?", comentou o presidente do Vasco, Eurico Miranda. Para ele, o público se afasta dos estádios por causa do preço dos bilhetes e não pela falta de segurança ou outros motivos. Dirigentes de São Paulo, Palmeiras, Santos e Corinthians defendem um mínimo de R$ 15 para os jogos em que detenham o mando de campo.

Agencia Estado,

15 de fevereiro de 2005 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.