Clubes europeus querem dinheiro da Copa

Os dirigentes dos principais clubes europeus querem parte da bolada que a Fifa arrecada com a organização da Copa do Mundo. Em reunião que será realizada nesta terça-feira em Bruxelas, na Bélgica, os integrantes do G14 ? associação que reúne os 18 clubes mais importantes do continente ? tentarão elaborar uma proposta para exigir da Fifa uma porcentagem sobre as receitas do Mundial.O grupo argumenta que a Fifa ganha muito dinheiro vendendo os direitos de transmissão e os patrocínios de um evento cujas estrelas pertencem aos clubes. Por isso, querem passar a receber uma compensação financeira por cederem seus atletas já na próxima Copa, que será na Alemanha em 2006.Nesta temporada, os integrantes do G14 resolveram partir para o confronto com a Fifa. Eles reclamam do excesso de amistosos previstos pela entidade no calendário das seleções, da intenção da Fifa de ?ressuscitar? o Mundial de Clubes em 2005, do período de disputa da Copa das Confederações...No mês passado, em audiência com o presidente da Fifa Joseph Blatter, conseguiram a promessa de que a entidade vai excluir de seu calendário a data de abril reservada a amistosos de seleções e de que terão permissão para não liberar jogadores para amistosos fora da Europa no período entre setembro deste ano e novembro de 2005.O G14, que é comandado pelo presidente do Real Madrid, Florentino Perez, também discutirá detalhes da exploração comercial da próxima Liga dos Campeões e como será o sistema de classificação das equipes para a competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.