Clubes franceses e Fluminense dão apoio a Ricardo Gomes

A notícia do Acidente Vascular Encefálico (AVE) sofrido pelo técnico Ricardo Gomes rodou o mundo e gerou solidariedade na França, onde ele passou boa parte da carreira como jogador e treinador. Dois dos três clubes do país nos quais trabalhou notificaram o ocorrido em seus sites oficiais e desejaram sorte ao ex-zagueiro. Apenas o Monaco, onde ele esteve entre 2007 e 2009, não se manifestou.

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 14h38

O Paris Saint-Germain, defendido por Ricardo entre 1991 e 1995, como jogador, e onde iniciou sua carreira de técnico, em 1996, divulgou uma nota intitulada "Ricardo hospitalizado", na manhã desta segunda-feira, informando seus torcedores sobre o ocorrido.

Já o site do Bordeaux, pelo qual ele trabalhou como treinador de 2005 a 2007, demonstrou solidariedade ao brasileiro. Na nota "Coragem, Ricardo", o clube desejou "boa sorte a Ricardo e sua família neste momento difícil", além de uma "rápida recuperação".

O problema do treinador vascaíno superou as barreiras da rivalidade e também foi notificado pelo Fluminense, pelo qual ele atuou entre 1982 e 1988 e foi técnico em 2004. O clube lembrou dos títulos conquistados com o então zagueiro - o Campeonato Brasileiro de 1984 e o tricampeonato carioca de 1983, 1984 e 1985 - e também desejou uma rápida recuperação.

Ricardo Gomes está internado no Hospital Pasteur, no Rio de Janeiro. Ele passou por cirurgia na noite do último domingo e está em estado grave, mas estável. O treinador sofreu um Acidente Vascular Encefálico durante o clássico entre Vasco e Flamengo, terminado em 0 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRicardo GomesAVC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.