Neil Hall / AFP
Neil Hall / AFP

Clubes ingleses anunciam que não vão liberar jogadores para Data Fifa de setembro

Alisson, Fabinho, Roberto Firmino, Ederson, Gabriel Jesus, Thiago Silva, Richarlison, Fred e Raphinha atuam na Inglaterra e estão na lista de Tite

Redação, Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2021 | 15h58

A Premier League, empresa que organiza o Campeonato Inglês, anunciou nesta terça-feira, em um comunicado oficial, que decidiu não liberar jogadores convocados para seleções nacionais que vão disputar partidas da próxima Data Fifa, em setembro, em países que estão na "lista vermelha" do Reino Unido. Eles teriam que fazer uma quarentena de 10 dias, imposta pelo governo, ao voltarem à Inglaterra.

A medida, que foi apoiada de forma unânime pelos clubes que disputam a elite do Campeonato Inglês, afetará 60 jogadores de 19 times diferentes. Esses atletas têm viagens previstas para 26 países fora do Reino Unido e o Brasil é um deles. As equipes haviam pedido ao governo britânico a exceção aos atletas que retornassem de países considerados em zona vermelha da covid-19, mas a solicitação não foi atendida.

Com a decisão dos clubes ingleses, o técnico Tite ganhou um enorme problema para a rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 contra Chile, Argentina e Peru. De sua lista inicial de 25 jogadores, nove atuam na Inglaterra: Alisson, Fabinho e Roberto Firmino, do Liverpool; Ederson e Gabriel Jesus, do Manchester City; Thiago Silva, do Chelsea; Richarlison, do Everton; Fred, do Manchester United; e Raphinha, do Leeds United.

Com isso, deverá ser realizada uma nova convocação de outros nove atletas para a seleção brasileira, mas a CBF ainda não se pronunciou. O primeiro desafio será no dia 2 de setembro, pela nona rodada, contra o Chile, em Santiago. Na sequência, o Brasil jogará duas vezes com mandante. No dia 6, pela sexta rodada - uma das adiadas de março -, a rival será a Argentina, na Neo Química Arena, em São Paulo. Três dias depois, o adversário será o Peru, pela 10.ª rodada, a primeira do returno, na Arena Pernambuco, no Recife.

Em outubro, o Brasil terá pela frente Venezuela e Colômbia, como visitante, e o Uruguai, como mandante (provavelmente na Arena Amazônia, em Manaus). A seleção brasileira lidera as Eliminatórias com seis vitórias em seis jogos e 100% de aproveitamento. Argentina, Equador e os uruguaios completam a zona de classificação direta à Copa do Mundo de 2022, enquanto que os colombianos, que figuram na quinta posição, disputariam neste momento a repescagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.