Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Clubes lamentam nas redes sociais a morte do apresentador Rodrigo Rodrigues

Times participantes do Campeonato Brasileiro manifestam luto com a notícia sobre o falecimento do jornalista

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2020 | 15h14

Vários clubes da elite do Campeonato Brasileiro lamentaram nesta terça-feira a morte do jornalista do SporTV, Rodrigo Rodrigues. Conhecido entre os amigos como RR, ele tinha 45 anos e estava internado no Rio de Janeiro após sofrer complicações decorrentes do contágio pelo novo coronavírus, como uma trombose venosa cerebral. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também prestou solidariedade e anunciou um minuto de silêncio nos jogos.

As equipes utilizaram as redes sociais para expressar os sentimentos. O último emprego de Rodrigues foi no canal SporTV, mas antes disso o apresentador trabalhou pela ESPN, Esporte Interativo e TV Cultura. Além do trabalho com jornalista, ele tinha também uma banda.

No dia 13 de julho, o jornalista fez testes para covid-19, embora não tivesse sintomas, e o resultado foi positivo. Assim, ele foi imediatamente afastado pela Globo de suas funções. Logo depois ele passou a apresentar falta de paladar e olfato, mas dizia que estava se sentindo bem. No entanto, a situação se complicou no sábado, quando ele deu entrada em um hospital com cefaléia, vômito e desorientação.

Veja a nota da CBF

"Neste momento de grande tristeza, a Confederação Brasileira de Futebol se solidariza com a família, os amigos, a direção do Grupo Globo e os colegas de Rodrigo Rodrigues. Profissional exemplar, representou sempre o que o futebol tem de melhor: a junção de talento e alegria. Rodrigo fará muita falta. Que sua trajetória continue a inspirar a todos.

Como forma de homenageá-lo, a CBF respeitará um minuto de silêncio especial nos jogos da fase semifinal da Copa do Nordeste, a serem realizados hoje e amanhã, na cidade de Salvador. E também solicitará às Federações filiadas que repitam o gesto nas partidas dos campeonatos estaduais.

Nossos sentimentos"

Confira o posicionamento dos clubes

  Atlético-GO:

Atlético-MG:

Bahia:

Botafogo:

Bragantino:

Ceará:

Corinthians:

Coritiba:

Flamengo:

Fluminense:

Fortaleza:

Goiás:

Grêmio:

Internacional:

Palmeiras:

Santos:

São Paulo:

Sport:

Vasco:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.