Clubes paulistas se dão mal e perdem pela segunda rodada da Série D do Brasileiro

Os clubes paulistas vivem brigando para ter um calendário anual, nos dois semestres, mas precisam se organizar melhor para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D - a quarta divisão nacional. Neste domingo, no complemento da segunda rodada com 13 jogos, os três representantes de São Paulo saíram de campo derrotados.

Estadão Conteúdo

19 de julho de 2015 | 20h21

O Botafogo, em Ribeirão Preto (SP), caiu para o Crac-GO por 1 a 0. O São Caetano perdeu para o Volta Redonda, no Rio de Janeiro, pelo mesmo placar, enquanto que o Red Bull Brasil, na sua primeira partida oficial em futebol nacional, caiu para o Operário por 2 a 1, em Ponta Grossa (PR).

Em Ribeirão Preto, o Botafogo decepcionou sua torcida ao perder para o Crac, de Catalão (GO), com um gol de Álvaro, aos 14 minutos do segundo tempo. Pelo mesmo Grupo A6, o Villa Nova-MG perdeu, por 3 a 2, para o Duque de Caxias-RJ. O Crac lidera com seis pontos, seguido por Duque de Caxias com três, Gama-DF e Botafogo com um cada e Villa Nova, zero.

O Red Bull Brasil estreou contra o campeão paranaense e perdeu, por 2 a 1, para o Operário, que marcou com gols de Joelson e João Souza, enquanto que Caio Dantas fez para o time paulista, que não pontuou no Grupo A7. O Operário está na liderança, com quatro pontos, seguido pelo Inter de Lajes-SC, com três, após a vitória em casa sobre o Resende-RJ por 3 a 1. O time fluminense tem um ponto, em quarto, atrás do Ypiranga-RS, com três, que folgou na rodada.

Apesar de mostrar um bom futebol, desta vez faltou eficiência ao São Caetano nas finalizações, que acabou perdendo para o Volta Redonda por 1 a 0, com gol de Tiago Amaral, de cabeça, no segundo tempo. O clube carioca lidera o Grupo A8 com seis pontos, seguido pelo São Caetano, com três e saldo de gols de quatro, contra três do Lajeadense-RS, com saldo de menos quatro, mas que venceu por 1 a 0 o Metropolitano-SC, com zero ao lado do Foz de Iguaçu-PR, que não participou desta rodada.

OUTROS JOGOS - Pelo Grupo A1, o Nacional-AM venceu o Vilhena-RO, por 2 a 0, e agora divide a liderança com o Remo-PA, ambos com quatro pontos. Náutico-RR e Vilhena têm um ponto e o Rio Branco-AC, nada. Palmas-TO e River-PI dividem a liderança do Grupo A2, com quatro pontos, porque venceram seus jogos. Em casa, o Palmas fez 2 a 0 no Imperatriz-MA, enquanto que no Amapá, o River superou o Santos por 1 a 0.

O Campinense-PB lidera o Grupo A3, com quatro pontos, após empate sem gols fora com o Colo Colo, no interior da Bahia. O Central-PE manteve os 100% no Grupo A4 ao vencer em casa, por 1 a 0, o Goianésia-GO, que tem zero após sua estreia. O Treze-PB vacilou em casa ao empatar, por 1 a 1, com o Serrano-BA e ficar com quatro pontos, em segundo lugar.

A Caldense-MG lidera o Grupo A5, com seis pontos, porque no sábado venceu fora o Aparecidense-GO. Além do time mineiro, somente outros três clubes têm seis pontos em duas rodadas: Central, Volta Redonda e Crac.

A terceira rodada será disputada somente no outro final de semana. Os 40 participantes estão divididos em oito grupos de cinco. Eles se enfrentam entre si em dois turnos, com apenas os dois melhores avançando à segunda fase. Esta será disputada pelo sistema de eliminatória dupla, com jogos de ida e volta até se apurar o campeão. Os semifinalistas vão garantir o acesso para a Série C, em 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.