Clubes pedem adiamento do Italiano

Os clubes pequenos da Itália estão dispostos a atrasar o início do campeonato de 2002-03. O bloco dos times com menor força técnica quer transferir a rodada inicial de 1.º de setembro para 1.º de outubro para ter mais tempo de negociar com a televisão. A intenção é de obter participação nas cotas dos direitos de transmissão a cabo, no sistema pay-per-view (pagar para ver).A decisão de interferir no calendário foi tomada nesta quarta-feira à tarde, em reunião em um hotel em Roma que pertence a Franco Sensi, presidente da Roma e incentivador do movimento. Atalanta, Brescia, Chievo, Como, Empoli, Modena, Perugia e Piacenza garantem que, se não receberem dinheiro das emissoras por assinatura, não entrarão em campo para jogar contra equipes que têm contrato.?Acho que haverá alteração nas datas do torneio?, reafirmou Sensi, que acompanhou o encontro. ?O campeonato não é apenas dos times grandes, mas também dos pequenos, que poderiam ser alternativa rentável para as tevês a cabo.?O mercado italiano divide-se, nesse setor, entre a Tele Piu e a Stream. A primeira tem acordo até 2005 com Juventus, Inter e Milan. A outra fez acerto, pelo mesmo período, com Roma, Lazio e Parma. Elas se transformaram em boa alternativa de renda, mas excluíram os ?pequenos?. O calendário deve ser definido nesta quinta e os clubes dizem que gostariam de ter dois jogos no sábado à tarde e dois nas noites de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.