Clubes querem análise jogo a jogo

Na reunião iniciada no final da manhã desta terça-feira em São Paulo, representantes do Clube dos 13 - a entidade que congrega os principais clubes do Brasil - vão tentar aprovar um documento no qual pedem a anulação da decisão do STJD, que no domingo, mandou repetir os 11 jogos apitados pelo árbitro Edílson Pereira de Carvalho no Campeonato Brasileiro. Além de suspender a anulação, os clubes deverão pedir ao tribunal, que se faça uma análise individualizada de cada um dos jogos colocados sob suspeita. "Nós não queremos que os jogos não sejam realizados novamente. O que queremos é que cada jogo seja analisado separadamente", disse o presidente do Internacional, Fernando Carvalho, que lidera a rebelião dos clubes. "Se houver, comprovadamente, a contaminação, que se faça o jogo novamente", acrescentou ele. O diretor jurídico do Inter, Daniel Cravou Souza, admite que será complicado, mas a idéia é buscar um consenso em torno da apelação. ?Nós entendemos que dificilmente haverá unidade, já que há vários clubes com interesses divergentes, mas vamos tentar o consenso?, disse o dirigente do Inter. ?Nós entendemos que o Cruzeiro (clube que venceu os dois jogos que terá de disputar novamente) foi o mais prejudicado, já que não houve nenhum indício de que o o resultado tenha sido manipulado?, disse o presidente do Cruzeiro, Alvimar Perrella. Por conta disso, ele também defende que as partidas sejam analisadas caso a caso. Perrella disse que os clubes não pretendem recorrer à Justiça Comum caso a decisão do STJD seja mantida.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2005 | 11h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.