Divulgação
Divulgação

Cobertura do Engenhão tem princípio de incêndio antes de reabertura

Consórcio responsável pela obra garante que chamas foram controladas rapidamente; reabertura dia 24 de janeiro está mantida

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

15 de janeiro de 2015 | 15h33

A cobertura do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, na zona norte do Rio, sofreu um princípio de incêndio em sua cobertura no início da tarde desta quinta-feira. Por meio de nota, o Consórcio Engenhão, responsável pelas obras no local, afirmou que as chamas foram controladas pela brigada de bombeiros da empresa 15 minutos após o início do acidente, e nenhum operário ficou ferido.

O incêndio possivelmente teve início a partir de uma fagulha de solda, informou o consórcio, e foi propagado pelo calor associado a fortes ventos sobre o telhado. As causas do acidente ainda serão investigadas. O consórcio garantiu que não haverá alteração na data de reabertura do estádio, prevista para o fim deste mês.

Inicialmente, o estádio vai ser reaberto de forma parcial. Os técnicos do Consórcio Engenhão decidiram liberar para o início do Campeonato Carioca somente o anel inferior do estádio, que comporta 20 mil torcedores, os 1.200 camarotes e as cabines de rádio e tevê. A abertura do anel superior deverá ser realizada gradativamente a partir de março.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEngenhãoBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.