Wolfgang Rattay / Reuters
Wolfgang Rattay / Reuters

Cobiçado por clubes europeus, David Neres renova contrato com o Ajax até 2023

Manchester United, Paris Saint-Germain e Arsenal desejam o jogador, que renovou até junho de 2023

Redação, Estadao Conteudo

07 de agosto de 2019 | 18h12

Um dos grandes destaques do Ajax na última temporada, quando o time holandês surpreendeu e chegou às semifinais da Liga dos Campeões da Europa - eliminou Real Madrid e Juventus antes de cair para o Tottenham -, o atacante brasileiro David Neres se tornou um dos alvos de grandes clubes do continente, como Manchester United, Paris Saint-Germain e Arsenal. Mas resolveu ficar e nesta quarta-feira renovou o seu contrato até junho de 2023.

O anúncio da renovação com o brasileiro foi feito nas redes sociais do Ajax. Nelas, em postagens bem-humoradas, David Neres aparece dançando samba, como faz na maioria das comemorações de seus gols. Em um dos vídeos, o atacante revela a sua permanência e diz que o "samba continua". "Olá, fãs! Eu fico. O samba continua", afirmou.

O antigo vínculo de David Neres no Ajax era até 2022. Com isso, a multa rescisória do atacante de 22 anos aumenta, dificultando uma negociação com os gigantes da Europa. De acordo com a imprensa europeia, o Manchester United teria feito uma oferta de 60 milhões de euros (R$ 266 milhões).

Desde 2017 no clube holandês, o brasileiro já atuou por 101 vezes com a camisa do Ajax e marcou 29 gols. Pela equipe de Amsterdã, o jogador, que começou a carreira no São Paulo, conquistou um título do Campeonato Holandês e um da Copa da Holanda.

A temporada passada foi especial para David Neres. Em 2018/2019, o atacante participou de 50 partidas, marcou 12 gols e concedeu 15 assistências. Pela seleção brasileira, foi campeão da última edição da Copa América, encerrada no dia 7 de julho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAjaxDavid Neres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.