Cobrança de Roger vira polêmica

O milionário time do Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil ao perder nos pênaltis para o Figueirense e o meia Roger se viu envolvido num suspeita. Indisposto com o treinador já há algum tempo por ter ficado na reserva - o meia fez uma das piores cobranças de sua carreira. A bola foi tão longe do gol, que levantou suspeitas sobre se ele teria feito de propósito, numa espécie de boicote ao treinador.O diretor de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez, considera absurda a idéia de que ele tenha errado de maneira premeditada."Um jogador como ele, jamais faria isso", aposta.O dirigente lembrou, inclusive, que Roger não foi o único a desperdiçar a cobrança, referindo-se a Carlos Alberto e Sebá, que também perderam. O Corinthians perdeu o jogo por 2 a 0 no tempo regulamentar e 3 a 2 nos pênaltis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.