Coelho e Wilson ganham lugar no Corinthians

Os meninos que fracassaram com o time em 2003 estão de novo em alta no Corinthians. Depois do bom desempenho de Coelho e de Wílson contra o Juventus, fazendo os três gols da virada corintiana, o técnico Oswaldo de Oliveira vai aproveitá-los no jogo de domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas. Coelho, especialmente, está bem próximo de ser efetivado na lateral-direita. O jogador tem um estilo totalmente diferente do titular até então. Enquanto Rogério tem um bom passe mas não costuma chegar tanto à linha de fundo, Coelho faz esse tipo de trabalho com maior frequência, até por ser bem mais leve. Além disso, ambos chutam com força e precisão. Oswaldo de Oliveira ficou entusiasmado com o desempenho de Coelho que optou por uma mudança na formação tática de sua equipe. Para aproveitar Coelho na direita, Rogério passará a atuar como volante, repetindo a função que ele executava com Arce no Palmeiras. Outra novidade é a escalação de Wílson contra a Ponte. Oswaldo também gostou da movimentação do ataque com ele. Além disso, o titular Régis Pitbull vive um momento dramático na equipe. O treinador entendeu que o melhor a fazer no momento é poupar o rapaz. Régis ficará no banco contra a Ponte, à espera de um momento mais oportuno para voltar ao time e se reabilitar com um gol. Oswaldo também confirmou a volta de Rincón, ao lado de Rogério. A dúvida é quanto ao terceiro volante. Fabrício e Fabinho vão disputar um lugar no time no treinamento coletivo de amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.