Gustavo Magnusson/AE
Gustavo Magnusson/AE

Coincidências cercam falha de Deola no Palmeiras

Erro do goleiro foi apontado por muitos torcedores como responsável pela derrota para a Ponte

Daniel Batista, estadão.com.br

09 de julho de 2012 | 08h28

SÃO PAULO - A falha do goleiro Deola foi apontado por muitos torcedores como o principal responsável pela derrota do Palmeiras para a Ponte Preta por 1 a 0, no último domingo, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time alviverde se mantém com apenas cinco pontos na tabela e na zona de rebaixamento. O curioso é que a fraca atuação do goleiro diante da Ponte é cercada de coincidências.

Campinas, palco do jogo contra a Ponte, foi justamente a cidade onde Deola falhou diante do Guarani nas quartas de finais do Paulistão e em decorrência disso perdeu a vaga de titular do Palmeiras para Bruno. No estádio Brinco de Ouro da Princesa, o Palmeiras perdeu por 3 a 1, no dia 21 de abril, e deu adeus ao campeonato paulista deste ano.

Na ocasião, Deola levou um gol olímpico de Fumagalli e não conseguiu cortar dois cruzamentos que resultaram nos gols de Fabinho Souza. Contra a Ponte, no domingo, ele não segurou uma cobrança de falta de Ricardinho.

Outra coincidência envolve um rival. No mesmo dia em que Deola falhou contra o Guarani, o goleiro Julio Cesar, do Corinthians, também não foi bem em um jogo contra a Ponte Preta, último adversário do Palmeiras, e ambos perderam a vaga de titular. No último domingo, novamente o corintiano foi alvo de críticas porque teria falhado no empate por 1 a 1 com o Sport. Ambos atuaram porque os titulares (Bruno e Cássio, respectivamente de Palmeiras e Corinthians) foram poupados.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasDeolaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.