COL vai avaliar 14 aspectos do Mineirão em amistoso

O Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014 irá usar o amistoso entre Brasil e Chile, nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, para realizar testes de operações e avaliar 14 aspectos neste que é o segundo evento-teste antes da Copa das Confederações - o jogo entre Ceará e Fortaleza, há 10 dias, no Castelão, foi o primeiro.

AE, Agência Estado

23 de abril de 2013 | 16h25

As avaliações começaram já na segunda-feira de noite, quando a chegada da delegação do Chile a Belo Horizonte foi acompanhada dentro da mesma rotina que será vista durante a competição da Fifa. Os chilenos vieram ao Brasil em um voo fretado e desembarcaram em aeroporto remoto. Entre outras ações, os veículos usados no transporte da delegação passaram por testes de segurança, para evitar a possibilidade de ataque terrorista.

Cerca de 120 funcionários do COL participarão do evento-teste em Belo Horizonte. Contando com seguranças, voluntários e outras equipes, entre 1.200 e 1.500 pessoas vão participar dos treinamentos. "Não será possível testar 100% dos serviços, no entanto, já que muitas das estruturas ainda não estarão disponíveis", avisa o COL.

Entre os serviços que serão testados estão a limpeza do Mineirão de acordo com as diretrizes adotadas pela Fifa, o planejamento das filas das catracas e a orientação do público para localização dos assentos, a alimentação dos jogadores e árbitros nos vestiários, cuidados com o gramado, como corte na altura certa, sistema de sonorização da arquibancada, e atendimento padrão Fifa à imprensa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.