Cole pode ficar três meses parado após sofrer lesão

Lateral-esquerdo machucou o tornozelo durante a vitória da seleção da Inglaterra sobre a Estônia por 3 a 0

Efe,

16 de outubro de 2007 | 10h36

O lateral-esquerdo inglês Ashley Cole, do Chelsea, ficará três meses afastado dos gramados depois de sofrer uma lesão no tornozelo durante a vitória da Inglaterra por 3 a 0 sobre a Estônia, no sábado, pelas eliminatórias da Eurocopa 2008. De acordo com o jornal The Sun, Cole foi submetido a uma tomografia na segunda-feira que não revelou uma ruptura, mas danos musculares e no ligamento. O período de recuperação pode chegar a 12 semanas. Caso esse prognóstico se confirme, o jogador não participará da partida entre Chelsea e Valencia, no dia 12 de dezembro, válida pela Liga dos Campeões, que pode ser decisiva para que os ingleses passem para a próxima fase do torneio. O lateral-esquerdo foi substituído no jogo de sábado em Wembley pelo zagueiro Joleon Lescott, do Everton, que pode voltar a ocupar a posição na quarta-feira, em Moscou, contra a Rússia, terceira colocada do grupo E das eliminatórias para a Eurocopa.

Tudo o que sabemos sobre:
Seleção inglesaChelseaAshley Cole

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.