Everton Oliveira/Estadão
Everton Oliveira/Estadão

Colecionadores do álbum da Copa terão novidade para guardar figurinhas

Panini consegue permissão da Fifa e vai lançar as 'latas pocket' em 14 modelos diferentes

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

14 Março 2018 | 07h02

O Álbum de figurinhas oficial da Copa do Mundo Fifa Rússia 2018 está na contagem regressiva para chegar aos fãs, que além da publicação poderão contar com uma novidade inédita: as latas pocket que trazem belas imagens das sedes e que têm tudo para virar mais um item para colecionadores.

+ Capitão de 2002, Cafu vira embaixador do álbum de figurinhas da Copa

"Sempre pensando no colecionador e para proporcionar uma experiência a mais, desenvolvemos aqui no Brasil as latas pocket, para que ele possa guardar suas figurinhas, usar para trocar e também colecionar, pois são 14 modelos, com pôsteres das sedes, capa do álbum e a imagem da mascote", explicou Marcelo da Silva, gerente de marketing da Panini.

 

Para poder contar com esse novo produto, a empresa precisou pedir autorização à Fifa. Com o aval, começou a produção dessa lata que poderá ser usada para guardar os cromos. "A gente acredita que será algo bem interessante, pois crianças, jovens e adultos vão querer para colecionar", continuou Marcelo, lembrando que o material virá junto com a compra de um kit com 28 envelopes.

Outra novidade para o mercado nacional é o lançamento do box premium family, que vem com dois álbuns de capa dura e 200 envelopes de figurinha. Custa R$ 399 e vem com uma caixa especial para guardar. "Esse é um kit para toda família. Desenvolvemos essa caixa que possui um acabamento reforçado. É um diferencial do mercado nesta Copa", comentou Marcelo.

 

O gerente de marketing da Panini não fala nos valores envolvidos, mas garante que a expectativa é bastante alta antes da chegada do álbum aos colecionadores. "O investimento em marketing para essa Copa está maior do que foi para a Copa de 2014, pois estamos acreditando que realmente o brasileiro tem o futebol na veia", disse.

Os envelopes terão cinco figurinhas cada e chegarão aos colecionadores na sexta-feira. No domingo, o álbum será encartado na edição do Estadão e chegará a todos os leitores e assinantes. A venda avulsa do álbum ocorrerá apenas na próxima terça-feira. "Queremos incentivar essa emoção que é colecionar figurinhas. É um álbum que mobiliza o Brasil inteiro", concluiu Marcelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.