Colômbia faz lobby para ter Argentina

O vice-presidente da Federação Colombiana de Futebol e membro do Comitê Organizador da Copa América, Hernán Mejía Campuzano, disse hoje que vai iniciar gestões na tentativa de convencer a Argentina a disputar a competição - que começa na próxima quarta-feira. Os argentinos decidiram não participar temendo pela segurança de seus jogadores. ?Temos uma luz de esperança que os argentinos mudem de idéia e decidam participar?, disse ele, que está conversando com dirigentes da Confederação Sul-Americana de Futebol (CSF) para fortalecer o lobby. Segundo Campuzano - que foi seqüestrado por guerrilheiros das Farcs, num episódio que precipitou o cancelamento da competição - disse que o presidente da Associação Argentina de Futebol, Julio Grondona deverá se reunir nesta sexta-feira com a cúpula da entidade, para analisar o assunto. Para Campuzano, Grondona está disposto a rever a decisão de mandar a equipe para a Colômbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.