Colômbia fica satisfeita com empate frente ao Brasil

Técnico e jogadores elogiam os brasileiros e comemoram o ponto somado com o empate por 0 a 0

Luis Jaime Acosta, Reuters

15 de outubro de 2007 | 09h58

O técnico da seleção colombiana, Jorge Luis Pinto, ficou satisfeito com o empate de 0 x 0 entre sua equipe e o Brasil no primeiro jogo dos países nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010. A Colômbia tenta se classificar para a próxima Copa, que será realizada na África do Sul, após ter ficado de fora dos mundiais de 2002 e 2006. "Sem dúvida enfrentamos a melhor equipe o mundo, os melhores jogadores do mundo, tem que se dizer com toda a franqueza", afirmou Pinto após o jogo de domingo, em Bogotá. "Planejamos uma partida bem detalhada, tanto no aspecto individual quanto no coletivo", acrescentou. "Buscamos o ataque, tivemos opções, procuramos o gol, buscamos controlar o ritmo da partida e não nos desarrumarmos em nenhum momento. Creio que estivemos mais perto da vitória do que o Brasil". Pinto destacou o comportamento tático de seus jogadores, que pressionaram a seleção brasileira e não permitiram o jogo coletivo de Kaká, Ronaldinho e Robinho. A Colômbia nunca venceu o Brasil na história das eliminatórias sul-americanas. Os jogadores colombianos também se declararam satisfeitos com o resultado. "A equipe se comportou bem, temos que seguir trabalhando para fazer as coisas bem. Graças a Deus tivemos um bom resultado", disse o atacante Wason Renteria. "Não pudemos ganhar, mas creio que contra o Brasil é importante não perder", disse o volante Jaime Castrillón. O próximo jogo da Colômbia será contra a Bolívia. Já o Brasil enfrenta o Equador na quarta-feira no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.