Jung Yeon-Je/AFP
Jung Yeon-Je/AFP

Colômbia perde amistoso para a Coreia do Sul em Seul

Seleção sul-americana sofreu com as falhas do goleiro Iván Arboleda

Redação, Estadão Conteúdo

26 de março de 2019 | 11h06

Em giro pela Ásia nas Datas Fifa de março, a Colômbia decepcionou nesta terça-feira ao perder por 2 a 1 para a Coreia do Sul, em amistoso realizado em Seul. A equipe sul-americana sofreu com as falhas do goleiro Iván Arboleda e reclamou da anulação de um gol nos acréscimos.

Após estrear à frente da seleção colombiana com vitória por 1 a 0 sobre o Japão na sexta-feira, o técnico Carlos Queiroz fez alterações na escalação para o compromisso desta terça, inclusive deixando Falcao García e James Rodríguez no banco de reservas - entraram em campo apenas no segundo tempo.

A Coreia do Sul aproveitou para abrir o placar logo aos 16 minutos do primeiro tempo com o seu principal astro, Son Heung-Min, que penetrou pelo lado direito da área e finalizou, com a bola passando pelas mãos de Arboleda, que não conseguiu fazer a defesa.

Na etapa final, aos quatro, Luis Díaz empatou o jogo com um belo chute colocado do lado direito da área. Só que os sul-coreanos voltaram a ficar na frente aos 12 minutos, quando Lee Jae-Sung fez jogada individual e finalizou da entrada da grande área, com o goleiro colombiano novamente não conseguindo fazer a defesa. Já no fim, Falcao até marcou para os sul-americanos, mas a arbitragem anulou o lance por impedimento.

Derrotada, a Colômbia atuou com jogadores de clubes brasileiros, casos do lateral-direito Orejuela, do Cruzeiro, do volante Cuéllar, do Flamengo, além do atacante Chará, do Atlético-MG, que entrou durante o segundo tempo.

Em outro amistoso envolvendo seleções asiáticas e sul-americanas, o Japão derrotou a Bolívia por 1 a 0, em Tóquio. O único gol da partida desta terça-feira foi marcado por Nakajima, aos 31 minutos do segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.