Colômbia perde Bacca para restante da 1ª fase da Copa

O atacante Carlos Bacca foi diagnosticado com um estiramento muscular de grau um na coxa direita e vai perder os dois jogos que faltam para a Colômbia na primeira fase da Copa do Mundo. Segundo comunicado da Federação Colombiana de Futebol divulgado nesta terça-feira, o tempo de recuperação previsto para o atleta irá variar entre sete e dez dias, portanto ele provavelmente estará apto a disputar as oitavas de final do torneio, caso sua seleção siga em frente na competição.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2014 | 09h34

Com Bacca no banco de reservas, a Colômbia iniciou campanha no Mundial vencendo a Grécia no sábado, por 3 a 0, resultado que fez da equipe sul-americana a líder do Grupo C. O próximo confronto será contra a Costa do Marfim nesta quinta-feira, em Brasília, adversária que também ganhou na estreia - bateu o Japão por 2 a 1, no sábado.

O último compromisso colombiano na primeira fase será contra o Japão, em Cuiabá, no dia 24. Se terminar a fase de grupos em primeiro lugar, a equipe de Bacca jogará pelas oitavas de final no Maracanã, no dia 28. Se ficar na segunda colocação, a sua partida decisiva será no Recife, no dia 29.

Sem Falcao García, que não foi convocado para a Copa por ainda não estar totalmente recuperado de lesão ligamentar no joelho direito, o técnico argentino José Pékerman optou na estreia por escalar só Teófilo Gutiérrez como atacante de ofício, à frente de três meias: Ibarbo, Cuadrado e James Rodríguez. Além de Bacca, as outras opções para o setor são Jackson Martinez, que entrou no segundo tempo contra a Grécia, e Adrián Ramos.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolColômbiaCarlos Bacca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.