Colômbia reforça defesa contra Brasil

A maior preocupação do técnico da Colômbia, Jaime de la Pava, para o jogo deste domingo contra o Brasil, é com a defesa de sua equipe. As deficiências do setor ficaram evidentes na derrota para a Argentina por 4 a 2, na sexta-feira, que levou os colombianos para a disputa da repescagem do Pré-Olímpico do Chile.O goleiro Luis Martinez demonstrou insegurança e os zagueiros de área Mosquera e Diaz falharam bastante. Os laterais Bustos e Ramos também não se apresentaram bem. Além disso, o setor ficou muito exposto e, por isso, Jaime de la Pava deve reforçar o meio-campo, para tentar impedir que os brasileiros tenham a mesma facilidade encontrada pelos argentinos.A equipe colombiana tomou seis gols na primeira fase do Pré-Olímpico. Porém, quatro deles foram sofridos apenas na partida com a Argentina.A Colômbia costuma atuar com cinco jogadores do meio-campo, com Montaño, que atua no Parma (Itália), encarregado de comandar o setor. No ataque, apenas um jogador: Sérgio Herrera movimenta-se bastante e tem senso de oportunismo. Prova disso é que já marcou cinco gols neste Pré-Olímpico (a Colômbia fez sete até agora) e está na artilharia do torneio.O vencedor de Brasil e Colômbia vai estrear no quadrangular final da competição na quarta-feira, jogando contra a seleção da Argentina.Outro jogo - Equador e Paraguai disputam a outra vaga da repescagem à fase final do Pré-Olímpico. A partida também será neste domingo, às 20h30 (horário de Brasília), em Valparaíso.

Agencia Estado,

17 de janeiro de 2004 | 12h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.