Colômbia vence Paraguai e Brasil termina em primeiro

O Paraguai entrou em campo nesta quarta-feira já garantido na Copa do Mundo do ano que vem, mas os poucos torcedores presentes ao Estádio Defensores Del Chaco ainda queriam uma vitória na despedida das Eliminatórias. A Colômbia, porém, mesmo eliminada da disputa, surpreendeu e venceu por 2 a 0, tirando a vice-liderança dos paraguaios e ainda garantindo a liderança ao Brasil.

Agencia Estado

14 de outubro de 2009 | 23h47

Veja também:

especialMAPA - Os países que já garantiram vaga na Copa

Eliminatórias da Copa - tabela Classificação | lista Tabela 

especial ELIMINATÓRIAS - Mais no canal especial

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

A vitória deixou os colombianos com 23 pontos, na sétima posição, a apenas um ponto do quinto colocado Uruguai, que garantiu vaga na repescagem. Já o Paraguai, que chegou a liderar boa parte das Eliminatórias, terminou em terceiro, com 33 pontos, mesma pontuação do vice-líder Chile. Com isso, os 34 pontos da seleção brasileira foram suficientes para assegurar o primeiro lugar.

Na partida em Assunção, o Paraguai pouco fez para evitar a derrota em casa. Melhor em campo, a Colômbia abriu o placar no segundo tempo. Aos 16 minutos, o volante Ramos mostrou categoria ao dominar o cruzamento da esquerda no peito e chutar forte, rasteiro, no canto de Villar. Aos 35, Rodallega recebeu passe na intermediária, colocou na frente e bateu na saída do goleiro para ampliar.

Com a colocação ao fim das Eliminatórias Sul-Americanas, a Colômbia fica de fora da sua terceira Copa seguida, tendo se classificado pela última vez em 1998. O Paraguai, por sua vez, vai à sua quarta Copa consecutiva. Em Mundiais, os paraguaios nunca avançaram além das oitavas de final.

PARAGUAI 0 X 2 COLÔMBIA

Paraguai - Villar; Verón, Cáceres, Da Silva, Bonet; Marecos (Cardozo), Santana, Riveros e Achucarro (Martínez); Cabañas e Haedo (Benítez). Técnico: Gerardo Martino

Colômbia - Ospina; Anchco, Ivan Ramiro Córdoba, Zapata e Armero; Ramos (Gerson Córdoba), Guarín, Aguilar e Marín; Martínez (Gutierrez) e Falcão García (Rodallega). Técnico: Eduardo Lara

Gols - Ramos, aos 16, e Rodallega, aos 35 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Riveros e Martínez (Paraguai); Marín, Iván Ramiro Córdoba, Aguilar e Armero (Colômbia)

Árbitro - Paulo César de Oliveira (Brasil)

Local - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.