DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

Colombiano ironiza e diz que Neymar precisa 'aprender a perder'

Bacca diz que ficou inconformado com a agressividade do brasileiro

ALMIR LEITE E GONÇALO JUNIOR, enviados especiais a Santiago, O Estado de S. Paulo

18 de junho de 2015 | 09h29

Os jogadores colombianos consideram Neymar um mau perdedor por causa de a atitude depois do apito final da partida em que sua seleção venceu a brasileira por 1 a 0, quarta-feira à noite, em Santiago, pela segunda rodada do Grupo C da Copa América. O atacante chutou a bola em direção a Armero que, atingido, caiu no gramado. A atitude do craque deu início à confusão

"Tem de se aprender a prender", disse o atacante Bacca, expulso após a partida assim como Neymar por ter dado um empurrão que por pouco não derrubou o ex santista. "Neymar tem decisões ruins. Primeiro acertou o Armero com uma bolada e depois deu uma cabeçada em Murillo. Isso não pode ser permitido."

Bacca disse que ficou inconformado com a agressividade do brasileiro e por isso teve instinto de reagir. Se declarou arrependido, mas justificou ter sido uma reação de momento.

A estrela colombiana James Rodríguez, que também recebeu várias faltas duras, disse ter pedido a Neymar que mantivesse a tranquilidade. "No final do jogo disse a Neymar que tivesse calma", relatou.

Ele, porém, afirmou ter entendido a frustração do brasileiro com a derrota, mesmo porque passou por situação semelhante na própria Copa América, no jogo de estreia da sua seleção. "Eu também passei por isso quando perdemos para a Venezuela. Também fiquei com muita raiva."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.