Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

Com 1º tempo perfeito e Mané inspirado, Liverpool bate Tottenham e quebra jejum

Reds não haviam vencido nenhum jogo do Inglês em 2017

Estadão Conteúdo

11 Fevereiro 2017 | 18h02

O Liverpool fez um primeiro tempo avassalador e conseguiu a primeira vitória no Campeonato Inglês em 2017. O principal responsável pela atuação irrepreensível na etapa inicial foi o senegalês Sadio Mané. Endiabrado, ele marcou os dois gols no triunfo sobre o Tottenham por 2 a 0 neste sábado, em casa, pela 25ª rodada da competição.

A equipe, que contou com os brasileiros Philippe Coutinho, Lucas Leiva e Firmino entre os titulares, estava há quatro partidas sem vencer. O último triunfo no Inglês havia sido em 31 de dezembro, quando superou o Manchester City por 1 a 0.

O fim do jejum levou o Liverpool à quarta colocação, com os mesmos 49 pontos do Manchester City, que está em quinto lugar. O time de Gabriel Jesus, no entanto, pode recuperar a posição na segunda-feira, quando visitará o Swansea City no encerramento da rodada.

O Tottenham continua em segundo lugar com 50 pontos, mas pode ver o Chelsea abrir distância ainda maior. A equipe do brasileiro William, que tem 59 pontos, joga neste domingo contra o Burnley, fora de casa.

No clássico deste sábado, o Liverpool justificou o mando de campo e encurralou o adversário na etapa inicial. Com uma marcação sob pressão, conseguiu marcar por duas vezes depois de roubadas de bola. Aos 16 minutos, Wijnaldum tomou de Wanyama e lançou para Mané, que tocou na saída do goleiro Lloris.

A pressão continuou e o Tottenham, desnorteado, levou o segundo dois minutos mais tarde. O zagueiro Dyer vacilou na intermediária, Mané roubou a bola, avançou pela direita e tocou para Lallana, que chutou para defesa de Lloris. Firmino aproveitou a sobra e bateu para nova defesa do goleiro adversário. Em mais um rebote, Mané não perdoou e ampliou o marcador.

O senegalês estava inspirado e por pouco não fez o terceiro dele na partida na sequência. Aos 22, ele roubou novamente a bola do adversário, invadiu a área, mas desta vez parou nas mãos de Lloris, que mandou para escanteio.

O Tottenham não esboçava reação. Philippe Coutinho colocou mais uma vez Mané na boa, mas Dyer conseguiu salvar na hora do chute. Pouco depois, o brasileiro avançou e bateu fraco para tranquila defesa de Lloris.

Na volta do intervalo, a partida ficou mais equilibrada. O Tottenham conseguiu sair mais para o jogo e criou boa oportunidade aos 11. Kane desviou cruzamento e acertou a trave, mas o árbitro assinalou impedimento.

Com os visitantes um pouco melhores, outro brasileiro também começou aparecer na partida. Atuando como zagueiro, Lucas Leiva fez uma ótima partida sem dar chances para os atacantes adversários.

Preocupado em não levar gols e assegurar a vitória, o técnico Jürgen Klopp recuou o Liverpool com a entrada de Emre Can na vaga de Coutinho. Bem postado no campo defensivo, conseguiu segurar as investidas do Tottenham e garantiu os três pontos.

Eliminado da Copa da Inglaterra e da Copa da Liga Inglesa e sem participar da Liga dos Campeões e da Liga Europa, o Liverpool agora só volta a campo no próximo dia 27, quando visitará o Leicester City, pelo Campeonato Inglês. O Tottenham visitará o KAA Gent, da Bélgica, na quinta-feira, pela segunda fase da Liga Europa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.