Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com 1º turno superior à campanha como vice, Palmeiras mantém confiança

Time tem pontuação superior à do ano passado, quando terminou em segundo, e vai animado para o returno

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 Agosto 2018 | 11h00

O Palmeiras em breve vai recorrer à calculadora para fazer projeções sobre a campanha neste Campeonato Brasileiro. A equipe vai iniciar a disputa do returno nesta quarta-feira, contra o Botafogo, no Allianz Parque, com bastante confiança, pois além da boa série de resultados nos últimos jogos, tem a favor uma alta pontuação, 33 pontos, uma das maiores do clube nesta década.

A pontuação atual é maior do que a somada em 2017, quando foi vice-campeão brasileiro, e entre os últimos anos, só está atrás da campanha do título, em 2016. Naquele ano o Palmeiras virou a primeira metade com três pontos a maior, 36. Portanto, mesmo em sexto lugar no momento, a equipe não se vê de jeito nenhum como fora da disputa pela taça.

O planejamento do clube é continuar na disputa do título tanto do Brasileiro como da Copa do Brasil e da Libertadores. "É difícil conquistar uma competição, quem dirá três. Mas temos um bom treinador e um bom grupo. Vamos trabalhar para conseguir uma de cada vez, passo a passo para não nos atrapalharmos", disse o lateral Diogo Barbosa. "Temos um calendário cheio de competições no Brasil, mas temos um grupo muito bom. Estamos jogando bem, conseguindo vitórias, que é o mais importante", completou.

No último domingo, o técnico Luiz Felipe Scolari lamentou que apesar da boa sequência de resultados, o Palmeiras não tem conseguido sair do sexto lugar na tabela de classificação. O time está oito pontos atrás do líder, São Paulo, e viu nas duas últimas rodadas os cinco mais bem colocados ganharem nove dos dez compromissos em que estiveram envolvidos.

Curiosamente, na história dos pontos corridos, as duas melhores campanhas do Palmeiras no primeiro turno não acabaram com títulos. Em 2009, o time terminou a primeira metade da temporada como líder, com 37 pontos, mas terminou em quinto lugar. No ano anterior, era o terceiro colocado com 34 pontos, até terminar a competição na quarta posição.

Pontuações e colocações no primeiro turno:

2018: 33 pontos (6º lugar)

2017: 32 pontos (4º)

2016: 36 pontos (1º)

2015: 31 pontos (5º)

2014: 18 pontos (16º)

2012: 16 pontos (17º)

2011: 32 pontos (6º)

2010: 24 pontos (12º)

2009: 37 pontos (2º)

2008: 34 pontos (3º)

2007: 30 pontos (5º)

2006: 25 pontos (10º)

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.