Com 12 gols em 28 jogos pelo Cruzeiro, Ábila festeja 'melhor ano da carreira'

Jogador mostrou faro de artilheiro com a camisa do clube

Estadão Conteúdo

31 de dezembro de 2016 | 18h21

Contratado pelo Cruzeiro junto ao Huracán, da Argentina, no meio desta temporada do futebol brasileiro, Ramón Ábila fechou 2016 em alta. Com 12 gols em 28 partidas pela equipe mineira, o atacante afirmou ter vivido o "melhor ano da carreira".

"Pela transferência para o Cruzeiro, por tudo que passou, com certeza foi meu melhor ano na carreira. Estar em um país novo, pelo tanto de gols que fiz, a verdade é que foi uma grande temporada. Cheguei e o time não passava por um bom momento, melhoramos e ficamos contentes por isso. Obviamente que esperamos um 2017 muito melhor", afirmou o argentino de 27 anos de idade, lembrando que nesta temporada o time cruzeirense se viu ameaçado pelo rebaixamento no Brasileirão, antes de conseguir boa arrancada no segundo turno do torneio.

No Cruzeiro, Ábila conseguiu justificar a fama de goleador que começou a conquistar entre 2014 e 2016, período em que defendeu o Huracán e balançou as redes por 53 vezes em 102 partidas. E agora ele vê o futebol brasileiro como um bom lugar para seguir mostrando o seu faro de artilheiro, tendo em vista as próprias características do jogo praticado no País.

"No Brasil o futebol é muito mais jogado, com muito mais espaço, com mais situações de gol, com partidas com muito mais gols, é um futebol mais vistoso. A verdade é que gostei muito de jogar no Brasil. Obviamente quando fiz gols, foi mais bonito. Gostei muito, me senti à vontade", ressaltou, em entrevista ao site oficial do Cruzeiro, publicada neste sábado pelo clube.

Tudo o que sabemos sobre:
CruzeiroFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.