Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Com 13 dos 23 convocados e promessa do Corinthians, seleção treina pela 1ª vez

A expectativa é de que outros jogadores se apresentem ainda nesta segunda-feira, caso dos atletas Emerson Royal, Gerson e Antony

Redação, Estadão Conteúdo

08 de novembro de 2021 | 19h37

Ainda incompleta, a seleção brasileira realizou, na tarde desta segunda-feira, o primeiro treino de preparação para o jogo contra a Colômbia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Apenas 13 dos 23 convocados estiveram no Centro de Treinamento do Corinthians para a atividade, sendo que a maioria deles realizou somente exercícios físicos.

Primeiro atleta a se reapresentar após a última convocação, Philippe Coutinho chegou neste domingo e foi o único jogador de linha a trabalhar com bola, além de Reginaldo, lateral-esquerdo da base do Corinthians, que foi chamado para completar a atividade. Os goleiros Éderson, do Manchester City, e Gabriel Chapecó, do Grêmio, também treinaram com bola.

Todos os demais convocados que já se apresentaram apenas correram ao redor do campo e fizeram trabalho regenerativo na academia. Fora Coutinho, os outros 12 atletas ficaram disponíveis para o técnico Tite apenas nesta segunda-feira. Além dos goleiros, já citados, são eles: os zagueiros Thiago Silva, Marquinhos e Éder Militão, os laterais Danilo e Alex Sandro, os meio-campistas Casemiro e Fred e os atacantes Neymar, Gabriel Jesus e Vinícius Jr.

A expectativa é de que outros jogadores se apresentem ainda nesta segunda-feira, caso dos atletas Emerson Royal, Gerson e Antony. Os selecionáveis de Tite só deverão ficar completos nesta terça-feira, incluindo o zagueiro Gabriel Magalhães, do Arsenal, convocado nesta segunda para substituir Lucas Veríssimo, que sofreu uma lesão grave.

Para completar a lista, chegam na terça-feira: Alisson, Fabinho, Raphinha, Matheus Cunha, Renan Lodi e Lucas Paquetá. Tite comandará apenas dois treinamentos com o time completo antes do confronto diante da Colômbia nesta quinta-feira, às 21h30, na NeoQuímica Arena.

Ainda invicta após 11 jogos da competição e líder com 31 pontos, o Brasil pode garantir classificação já nesta rodada, caso vença a Colômbia e o Uruguai não vença a Argentina na sexta-feira. A seleção brasileira encerra o ano contra a Argentina, em San Juan, no dia 16 de novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.