Claudio Lattanzio /AP Photo
Claudio Lattanzio /AP Photo

Com 2 de Higuaín, Juventus derrota Pescara e abre 8 pontos na liderança do Italiano

Embala depois de vitória sobre o Real, gigante italiana faz 2 a 0 fora de casa

Estadao Conteudo

15 de abril de 2017 | 12h46

Embalada pela vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, na última terça-feira, a Juventus deu continuidade ao ótimo momento que vive ao vencer o Pescara por 2 a 0, neste sábado, fora de casa, pela 32ª rodada do Campeonato Italiano.

Os dois gols da vitória da equipe de Turim foram marcados pelo argentino Gonzalo Higuaín, que fez a sua equipe chegar aos 80 pontos e abrir oito de vantagem sobre a vice-líder Roma, que ficou mais longe da disputa pelo título nacional ao apenas empatar por 1 a 1 com a Atalanta, em casa, em outro duelo deste sábado.

Já o Pescara segue afundado na lanterna da tabela, com 14 pontos, e continua amargando a condição de virtual rebaixado à segunda divisão nacional - primeiro time hoje fora da zona do descenso, o Empoli, 17º colocado, chegou aos 26 pontos ao derrotar a Fiorentina por 2 a 1, fora de casa, em outra partida já encerrada neste sábado de rodada completa de confrontos na Itália, que não conta com nenhuma partida no domingo por causa do feriado da Páscoa.

Desesperado na luta contra o descenso, o Pescara começou o jogo com tudo diante da Juventus e já aos dez segundos exigiu uma boa defesa do goleiro brasileiro Neto, escalado no lugar de Buffon, poupado já visando o duelo de volta das quartas de final contra o Barcelona, quarta-feira, na Espanha.

Porém, o início surpreendente do Pescara foi rapidamente aplacado pela superioridade da Juventus, que tratou de garantir a vitória já no primeiro tempo. Aos 10 minutos, após ótima jogada iniciada por Higuaín, Mandzukic desperdiçou ótima chance de marcar em um lance no qual, na sequência, o atacante argentino pegou o rebote e chutou por cima do gol de Fiorillo.

O mesmo Higuaín, porém, não perdoaria aos 22 minutos. Após boa investida pelo lado direito da área adversária, Quadrado chutou e o goleiro defendeu parcialmente. No rebote, o colombiano tocou para o meio para o argentino finalizar para as redes.

E Higuaín ampliaria para 2 a 0 ainda na primeira etapa, aos 42, em novo lance de oportunismo dentro da área. Depois de um cruzamento, Mandzukic ajeitou de cabeça e o goleador argentino apareceu entre os defensores para voltar a marcar.

Assim, a Juventus ganhou a tranquilidade que precisava para administrar sem maiores problemas o placar no segundo tempo e dar novo passo rumo a mais um título nacional. O seu próximo adversário no Italiano será o Genoa, em Turim, no dia 23.

ROMA VACILA

Se a Juventus ficou mais perto da taça, a Roma se viu ainda mais longe deste objetivo ao decepcionar a sua torcida no Estádio Olímpico da capital nacional, onde viu a Atalanta sair na frente com um gol de Jasmin Kurtic aos 22 minutos do primeiro tempo. Depois disso, o time romano buscou o empate aos 5 da etapa final com Edin Dzeko balançando as redes, mas depois não teve competência para virar o placar.

O bom empate fora de casa fez a Atalanta chegar aos 60 pontos na quinta posição, fechando a zona de classificação por vaga na Liga Europa. Assim, o time se manteve dois pontos à frente do Milan, sexto colocado, que horas mais cedo empatou por 2 a 2 com a Inter de Milão no clássico que abriu esta rodada.

A Lazio, por sua vez, foi aos 61 pontos na quarta posição ao empatar por 2 a 2 com o Genoa, fora de casa, em outro duelo já encerrado neste sábado. E o time de Roma só saiu de campo com a igualdade graças a um gol marcado no finalzinho da partida pelo meia espanhol Luis Alberto.

Antes disso, Giovanni Simeone, filho do técnico Diego Simeone, abriu o placar do jogo para o time genovês, o argentino Lucas Biglia empatou e Goran Pandev voltou a colocar a equipe mandante em vantagem no placar. Mas, ao sofrer o empate, o Genoa foi apenas aos 30 pontos e segue próximo à zona de rebaixamento, na 16ª posição.

OUTROS JOGOS

Outras três partidas também já foram encerradas pelo Italiano neste sábado. Em uma delas, o Cagliari goleou o Chievo Verona por 4 a 0, com João Pedro marcando por duas vezes, e assumiu a 12ª posição, com 38 pontos, mesma pontuação do adversário, que caiu para 13º.

Já o Palermo ficou no 0 a 0 com o Bologna, em casa, e manteve o seu martírio na zona de rebaixamento, na qual ocupa o penúltimo lugar, com 16 pontos. O Bologna é o 14º colocado, com 35.

Quem encabeça a área da degola da tabela é o Crotone, que foi aos 21 pontos no 18º lugar ao empatar por 1 a 1 com o Torino, fora de casa. O resultado ruim em seus domínios deixou o time de Turim com 45 pontos na nona posição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.