Paolo Lazzeroni/EFE
Paolo Lazzeroni/EFE

Com 2 de Pato e Inzaghi, Milan goleia Siena no Italiano

Time se recupera em grande estilo da eliminação na Copa da Uefa e ganha por 5 a 1 fora de casa

AE, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 13h28

Eliminado na Copa da Uefa, o Milan tem se esforçado ao máximo no Campeonato Italiano para afastar uma possível crise e ainda tentar evitar o título da Inter de Milão. Neste domingo, a equipe enfrentou o Siena fora de casa e contou com as boas atuações de Pato e Inzaghi para golear por 5 a 1. Além dos dois gols de cada, o atacante italiano ainda alcançou um feito individual, ao marcar o seu gol de número 300 na carreira.

Veja também:

link Kaká volta a sentir dores no pé e vira dúvida na seleção

link Ibrahimovic marca dois e Inter derrota Fiorentina

tabela Campeonato Italiano - Classificação / Resultados / Calendário

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O Milan até que encontrou dificuldades para construir a vitória no primeiro tempo. O pênalti sofrido por Zambrotta e convertido por Pirlo, ainda aos seis minutos, tornou as coisas mais fáceis para o time milanês. Mesmo em desvantagem, o Siena ameaçava chegar ao empate. Mas as esperanças da equipe anfitriã acabaram quando Inzaghi marcou o seu primeiro na partida, aos 47, desviando de primeira a cobrança de escanteio.

Na segunda etapa, Pato fez um belo gol. Aos nove minutos, ele partiu com a bola dominada pelo meio e arriscou de longe, acertando um chute certeiro no ângulo da meta adversária. Depois que Kaká perdeu uma chance clara para o Milan, Maccarone descontou para o Siena. Aos 25, Inzaghi marcou o seu gol de número 300 na carreira, e novamente Pato fechou o placar depois, passando com facilidade pelo goleiro e tocando para o gol vazio.

O Milan teve o retorno do meia Kaká após se recuperar de contusão. No entanto, o jogador, que entrou no segundo tempo, foi substituído aos 27 minutos por Ronaldinho, em claro sinal de que pode ter voltado a sentir a lesão no tornozelo. Com a vitória, a equipe milanesa foi a 54 pontos e se manteve na terceira posição. A vice-líder Juventus tem 59 e a Inter de Milão aparece com 63, na ponta da tabela. Já o Siena está na 15.ª colocação, somando 31 pontos.

Ainda neste domingo pelo Campeonato Italiano, Júlio Baptista salvou a Roma da derrota para a Sampdoria. O brasileiro marcou os dois gols no empate por 2 a 2, o terceiro consecutivo do time na competição. O resultado manteve a Roma na sexta posição, com 46 pontos. Logo atrás na classificação vem o Palermo, que goleou o Lecce por 5 a 2, com um gol de Fábio Simplício, ex-São Paulo.

Em casa, o Atalanta venceu o Torino por 2 a 0. Melhor ainda foi o Chievo, que derrotou a Lazio por 3 a 0, fora de casa, e se afastou da zona de rebaixamento. Udinese e Catania ficaram no empate por 1 a 1. O mesmo placar se repetiu na partida entre Reggina e Napoli, que manteve o seu jejum de vitórias, sem conquistar três pontos no Italiano desde 11 de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.