Marcio Fernandes/ Estadão Conteúdo
Marcio Fernandes/ Estadão Conteúdo

Vagner Love brilha, faz dois gols e Corinthians bate Cruzeiro em casa

Alvinegro chega a 43 pontos e segue tranquilo na liderança

RAPHAEL RAMOS, Estadão Conteúdo

23 Agosto 2015 | 18h13

O Corinthians não decepcionou o seu torcedor que lotou o estádio Itaquerão, em São Paulo, neste domingo, e estabeleceu um novo recorde de público na arena. Diante de 41.014 pagantes, a equipe teve grande atuação contra o Cruzeiro, venceu por 3 a 0, pela 20.ª rodada, e continua na liderança isolada do Campeonato Brasileiro, agora com 43 pontos.

O destaque do jogo foi Vagner Love. O jogador, que não balançava as redes havia 10 partidas, marcou duas vezes. Por causa do jejum de gols, o atacante chegou a perdeu a vaga de titular para Luciano e só voltou ao time neste domingo porque o companheiro sofreu grave lesão no joelho direito na última quarta-feira.

A boa vitória diante do Cruzeiro renova o ânimo da equipe para o jogo de quarta-feira contra o Santos, pela Copa do Brasil. Após derrota por 2 a 0, na Vila Belmiro, na partida de ida, o Corinthians precisará vencer por 3 a 0 para avançar às quartas de final. Se sofrer um gol, terá de marcar quatro.

O Corinthians foi superior do começo ao fim do jogo. Com marcação alta no campo do adversário, a equipe dificultava a saída de bola do time mineiro e com cinco minutos teve a primeira chance de marcar após cobrança de falta ensaiada - a defesa cruzeirense evitou o gol duas vezes. O Cruzeiro respondeu com Leandro Damião, aos 10 minutos. O atacante sobrou sozinho cara a cara com Cássio, mas viu o goleiro corintiano se esticar todo para fazer ótima defesa.

O gol do Corinthians saiu aos 14 minutos. Vagner Love aproveitou rebote de Fábio, após chute de Elias, e bateu firme para o fundo da rede. Ao contrário dos últimos jogos, o time não recuou e pressionava em busca do segundo gol, enquanto que o Cruzeiro era perigoso apenas nos contra-ataques.

Neste panorama, o Corinthians ampliou a vantagem aos 44 minutos. Mayke tentou evitar o lateral pela direita e entregou a bola nos pés de Renato Augusto. O meia fez o cruzamento rasteiro e encontrou Jadson, sozinho, para fazer o segundo gol. Na etapa final, o Corinthians continuou melhor e não demorou para marcar o terceiro. Malcom disparou pela esquerda e mandou a bola para a área. O goleiro Fábio não cortou o cruzamento e Vagner Love empurrou para a rede.

Com a vitória garantida, o time passou praticamente todo o segundo tempo só administrando a vantagem, sem ser incomodado pelo Cruzeiro. O clube alvinegro é o time com melhor desempenho em casa no Brasileirão. São nove vitórias e apenas uma derrota. No final, já com o freio de mão puxado, o Corinthians jogou em ritmo de treino. A torcida ainda fez festa e gritou "olé" a cada passe do time.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 x 0 CRUZEIRO

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique (Ralf), Elias, Renato Augusto e Jadson (Matheus Pereira); Malcom e Vagner Love (Danilo). Técnico: Tite.

CRUZEIRO - Fábio; Mayke (Fabiano), Manoel, Paulo André e Mena; Henrique, Charles (Willian), Fabrício e Alisson; Leandro Damião e Marquinhos (Arrascaeta). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Vagner Love, aos 14, e Jadson, aos 44 minutos do primeiro tempo; Vagner Love, aos 2 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bruno Henrique e Gil (Corinthians); Fabrício (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/RJ).

RENDA - R$ 2.671.941,50.

PÚBLICO - 41.014 pagantes.

LOCAL - Estádio Itaquerão, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.