Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Com 27º título, Felipão dispara como técnico mais vencedor do Brasil

Treinador do Palmeiras consegue mais uma conquista na carreira e aumenta vantagem em ranking

O Estado de S. Paulo

27 de novembro de 2018 | 11h00

A conquista do Campeonato Brasileiro de 2018, concretizada neste domingo, representou para Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, aumentar a vantagem na lista dos treinadores brasileiros com mais títulos na carreira. O técnico chegou à 27ª taça e ampliou a distância para nomes como Vanderlei Luxemburgo, que é o segundo no ranking, com 23.

Felipão conquistou o segundo título brasileiro da carreira (o primeiro foi com o Grêmio, em 1996) e conquistou o sexto troféu pelo Palmeiras. Antes, o treinador gaúcho de 70 anos havia vencido em 1998 a Copa do Brasil e a Copa Mercosul, em 1999 levou a Copa Libertadores, em 2000 o Torneio Rio São-Paulo e em 2012, repetiu o feito na Copa do Brasil.

"Fizemos mais do que havíamos planejado. É um título muito importante para mim e para o Palmeiras por uma sequência de trabalho e de projetos que o Palmeiras tem", comemorou o treinador, ao analisar a campanha no Brasileiro deste ano. A equipe acumula 22 jogos consecutivos sem perder, a maior sequência da história da competição na era dos pontos corridos.

Em três passagens pelo Palmeiras, Felipão soma 437 jogos no comando, com 211 vitórias, 118 empates e 108 derrotas. Apenas Oswaldo Brandão, com 585, dirigiu o time em mais ocasiões. Dos técnicos em atividade na Série A do Brasileiro, quem tem mais conquistas no currículo depois de Felipão é Givanildo Oliveira, com 22, e Levir Culpi, com 16.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.