Com 3 a 0 no Pirambu, Corinthians volta a vencer e respira

O Corinthians fez sua obrigação: bateu o Pirambu por 3 a 0 e eliminou o modesto time sergipano da Copa do Brasil. Porém, mais importante do que a classificação à segunda fase do torneio, foi voltar a vencer depois de quatro jogos, justamente às vésperas de um clássico contra o arqui-rival Palmeiras.O adversário não serve como parâmetro - limitado tecnicamente, o Pirambu mostrou desde o começo que veio ao Pacaembu apenas para não ser humilhado. Porém, os gols dos volantes Magrão (dois) e Marcelo Mattos devolveram um pouco da tranqüilidade perdida por Emerson Leão e seus jogadores com a seqüência de maus resultados.O próximo adversário do time de Parque São Jorge na Copa do Brasil será o Treze, da Paraíba, em data ainda não definida. É certo, porém, que o primeiro jogo será em Campina Grande.O prenúncio de que a quinta-feira corintiana seria diferente começou pela vestimenta - o time abandonou a camisa listrada que vinha usando desde o começo do ano e voltou ao uniforme tradicional. Mal começou o jogo e a equipe de Leão promoveu uma blitz no campo de defesa do assustado Pirambu. Tanto pressionou que abriu o placar aos 13 minutos, quando Magrão aproveitou rebote do goleiro Alan em chute de Willian. Depois de mais de meia hora de comodismo, o Corinthians ampliou aos 46, novamente com Magrão, após desviar de cabeça cruzamento de Eduardo Ratinho.No segundo tempo, mesmo com um jogador a mais - Gideon foi expulso -, o Corinthians forçou só até chegar ao terceiro gol, com Marcelo Mattos, após bela jogada do lateral-esquerdo improvisado Carlão. Em seguida, mais uma vez o time diminuiu o ritmo. Leão aproveitou para promover a volta de Amoroso, que, devido a uma tendinite no pé direito, não jogava desde o dia 17 de janeiro. A tão esperada dupla com Nilmar não deu trabalho à zaga sergipana, mas tem chance de ser escalada desde o início contra o Palmeiras, no domingo, quando o time de Parque São Jorge decidirá seu futuro no Campeonato Paulista.Corinthians 3 x 0 PirambuCorinthians - Jean; Eduardo Ratinho, Betão, Gustavo e Carlão; Marcelo Mattos, Magrão, Willian e Roger (Amoroso); Nilmar e Arce (Jean Carlos). Técnico: Emerson Leão.Pirambu - Alan; Rafael (Rogério), André Luiz e Marivaldo; Chininha (Ânderson), Gideon, Sergio Roberto, Cleiton e Catuba; Saci (Mazinho) e Agustinho. Técnico: Edmílson Santos.Gols - Magrão, aos 13 e aos 46 minutos do primeiro tempo; Marcelo Mattos, aos 8, do segundo. Árbitro - Luis Antônio Silva Santos (RJ). Cartões amarelos - Marivaldo, André Luiz, Alan, Gustavo, Arce, Cleiton e Mazinho. Cartão vermelho - Gideon. Renda - R$ 239.695, 00. Público - 15.645 pagantes. Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.