Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Com 3 de Bolaños, Internacional bate Coritiba em casa

Time gaúcho consegue boa vitória por 3 a 0 e vai embalado para a final da Copa do Brasil contra o Corinthians

Fábio Hecico, Agencia Estado

28 de junho de 2009 | 21h00

O Internacional, enfim, voltou a vencer. Apontado como o melhor time do Brasil, não comemorava um triunfo havia seis jogos - estava em jejum no mês de junho. Com show do equatoriano Bolaños, autor dos três gols, fez 3 a 0 sobre o Coritiba, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e vai embalado para cima do Corinthians, na quarta-feira, na decisão da Copa do Brasil, já que se repetir esse resultado ergue a taça.

Veja também:

especial Mercado: as transferências dos times

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela / tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

E na decisão, os titulares voltam. Neste domingo, o técnico Tite poupou a equipe considerada ideal e viu o Internacional passar sufoco na etapa inicial, com boas arrancadas de Marcelinho Paraíba e Marcos Aurélio, que carimbou a trave do goleiro Lauro.

O time gaúcho levou o 0 a 0 para o vestiário e Tite teve de explicar o esquema defensivo 3-5-2 utilizado pela primeira vez no ano. Garantiu que a postura não seria defensiva e a resposta veio num bom segundo tempo.

Bolaños, que ainda não havia marcado gols no Brasil - defendeu o Santos e desde abril está no Internacional - mostrou o motivo pelo qual encantou defendendo as cores da LDU, campeã da Copa Libertadores do ano passado. Em 10 minutos, acabou com o jejum de gols e de vitórias.

Aos 18, acertou o canto; aos 24, só teve o trabalho de escorar a boa jogada de Alecsandro; e, aos 28, aproveitou o rebote. No fim, gritos de "olé" e de "Segunda Divisão" para os rivais, que perderam a paciência e apelaram para a violência.

O resultado manteve o Internacional na segunda colocação do Campeonato Brasileiro com 17 pontos, mesma pontuação do Atlético Mineiro, mas com menor saldo de gols (8 a 4). O Coritiba, por sua vez, caiu para a zona de rebaixamento, ocupando a 18.ª posição com sete pontos.

INTERNACIONAL 3 X 0 CORITIBA

Internacional - Lauro; Álvaro, Sorondo e Danilo Silva; Arilton (Daniel), Glaydson, Maycon, Giuliano e Marcelo Cordeiro; Alecsandro e Bolaños. Técnico: Tite

Coritiba - Vanderlei; Cleiton, Felipe e Pereira (Rodrigo Pontes); Carlinhos Paraíba, Jaílton, Marcelinho Paraíba, Pedro Ken e Márcio Gabriel; Ariel (Hugo) e Marcos Aurélio. Técnico: Renê Simões

Gols - Bolaños, aos 18, aos 24 e aos 29 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Alecsandro, Daniel e Bolaños (Internacional); Cleiton, Ariel, Felipe e Carlinhos Paraíba (Coritiba)

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio (DF)

Renda - R$ 110.200,00

Público - 9.762 pagantes

Local - Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.