Divulgação/Cbsb
Divulgação/Cbsb

Com 3 gols de Ronaldinho, seleção de futebol de areia vence no adeus de Jorginho

Atacante defendeu time nacional durante 24 anos, período em que conquistou nove títulos mundiais

Redação, Estadão Conteúdo

27 Janeiro 2019 | 17h57

Com a presença de Ronaldinho Gaúcho, que vestiu a camisa 10 e a braçadeira de capitão, a seleção brasileira de futebol de areia derrotou o Japão por 11 a 4, neste domingo, em amistoso disputado no Parque Olímpico da Barra, no Rio, e que marcou a despedida de Jorginho da equipe nacional.

Convidado pelo "dono da festa", Ronaldinho até iniciou a partida entre os titulares. Ele fez vários lances plásticos e marcou três gols no último duelo de Jorginho, de 44 anos, no futebol de areia. O craque, porém, demorou a engrenar, tanto que só foi marcar os seus gols no terceiro tempo, tendo desperdiçado uma chance incrível, de calcanhar, no primeiro.

Jorginho defendeu a seleção brasileira durante 24 anos, período em que conquistou nove títulos mundiais. Além disso, foi eleito o melhor jogador do mundo em três oportunidades, em 1999, 2000 e 2004.

"Você merece tudo, tudo, tudo. Muito obrigado, um dia inesquecível na minha vida", disse Ronaldinho, ao homenagear Jorginho, que também recebeu uma placa das mãos de Claudio Adão e Junior.

Bruno Xavier (3), Mauricinho (2) e Rodrigo também marcaram para a seleção brasileira. E Jorginho deixou a sua marca duas vezes. "Obrigado. É o que tenho a dizer neste dia. Ter o Ronaldinho do meu lado neste momento é sinal de que tudo valeu à pena. Toda minha dedicação em 24 anos neste esporte valeu demais. Agora é descansar e continuar torcendo para que o beach soccer evolua cada vez mais. Meu muito obrigado a todos, do fundo do coração", disse Jorginho.

As seleções já haviam se enfrentado em amistoso no sábado, com vitória do Brasil por 5 a 1 sobre o Japão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.